Bienvenue a Montreux

Uma cidade incrível e típica na Suíça. No post tem todas as dicas que você precisa pra incluir esse destino na sua lista de desejo das próximas viagens!

Não se esqueça: a língua oficial lá é o Francês, então não perca tempo e corra pra Aliança Francesa Ribeirão e comece já a treinar!

Para quem gosta de viagens com paisagens maravilhosas, a Suíça inteira é um destino dos sonhos! Como se não bastasse a vista e as belas paisagens, Montreux tem diversos atrativos que deixam qualquer um encantado pelo local.

Não é atoa que personalidades como Freddie Mercurye Charles Chaplin escolheram a cidade para ser sua morada e centro de inspiração. Montreux é a cidade do Jazz!! Todos os anos a cidade recebe o Montreux Jazz Festival, o segundo maior festival de jazz do mundo. A programação completa do festival 2017 que ocorre entre os meses de junho e julho pode ser conferida no site (https://www.montreuxjazzfestival.com/).

Casino, quem não gostaria de gastar alguns Francos Suíços apenas por diversão e aproveitar o clima glamouroso do Casino Barrière? Nossas alunas amaram o local não só pelos jogos de azar mas pela valiosa história do local. Já dissemos que Freddie Mercury escolheu Montreux como sua cidade de inspiração, mas o que não contamos ainda é que o Casino de Montreux é instalado no antigo estudio da banda Queen, o  Mountain Studios.

Foi lá que o Queen gravou sete álbuns, incluindo sucessos como Innuendo, de 1991, e Made in Heaven, trabalho que Freddie Mercury não chegou a ver concluído em vida, lançado em 1995.

Por ali, passaram artistas que dispensam descriçõe como AC/DC, David Bowie, Iggy Pop, Led Zeppelin, Nina Simone e Rollings Stones.

O antigo Cassino de Montreux, onde ficava o estúdio da banda, fechou, após um incêndio durante o show de Frank Zappa & The Mothers of Invention, em 1971. Coincidentemente (e para o bem da história do rock mundial), os integrantes do Deep Purple também se encontravam em Montreux e o incidente serviria de inspiração para a letra da música Smoke on the water, um dos ícones da banda.

Hoje o Casino conta com um pequeno mas impressionante museu da banda, com roupas de Freddie, letras rabiscadas à mão pelos integrantes da banda, antigos ingressos de turnês pelo mundo todo e o círculo dourado no chão que indica o ponto exato do estúdio em que Mercury gravou seu último vocal, em maio de 1991, na canção “Mother Love”. Também fica no museu uma réplica da mesa de mixagem Neve 8048 que permite ao visitante selecionar vídeos da banda e escutar áudios do acervo da exposição. Demais né?

“We all came out to Montreux

On the Lake Geneva shoreline

To make records with a mobile

We didn't have much time

Frank Zappa and the Mothers

Were at the best place around

But some stupid with a flare gun

Burned the place to the ground

Smoke on the water, a fire in the sky

Smoke on the water”.

 

Mas se você não gosta de jazz, não gosta de rock, não se procupe, montreux vai muito além da música.

CHÂTEAU DU CHILLON

 

O castelo à beira do lago já foi casa da nobreza, fortaleza e prisão. A vista do castelo é lindissima e vale a visita para os amantes de história.

Não deixe de dar uma volta pelo lago e alimentar e ser "atacado" pelos Canards. 

Isabella e Carolina alimentam os canards à beira do lago

Restaurantes:

A cidade, por ser uma das mais famosas da Suiça, possui restaurantes incriveis como o Montreux Jazz Cafe e o Barrel Oak. Além disso, montreux fica bem pertinho da charmosa Gruyère, mas isso já é assunto para o próximo post.